Ministro STJ estaria sendo pressionado a votar pela soltura de Lula

Segundo a revista "Crusoé", José Sarney e o governador do Maranhão Flávio Dino estariam pressionando ministro.

0
113

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve julgar nos próximos dias um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que tenta reverter a condenação no caso do triplex.

De acordo com a revista “Crusoé”, o ministro Reynaldo Soares da Fonseca estaria sendo pressionado pelo ex-senador José Sarney e o governador do Maranhão Flávio Dino a votar a favor de Lula.

No fim de 2018, o recurso de Lula foi analisado pelo relator da Lava Jato no STJ, o ministro Felix Fischer Ele negou o recurso. A defesa do ex-presidente recorreu por meio de um agravo regimental, que será analisado pela Quinta Turma.

O julgamento do recurso pode ser a palavra final do STJ sobre o caso do triplex. Se o recurso foi rejeitado, isso abrirá caminho para o Supremo analisar o recurso contra a condenação.

Os citados ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui