Advogado de Lula reclama de ‘fogo amigo’ ao deixar grupo

0
33

A tensão entre os advogados do ex-presidente começou após Cristiano Zanin discordar publicamente de estratégia adotada por Sepúlveda Pertence.

Foto: divulgaçãoFoto: divulgação

Ao deixar um grupo de Whatsapp composto por defensores e políticos ligados ao ex-presidente Lula, o advogado Cristiano Zanin sugeriu ser alvo de críticas feitas por aliados, de acordo com informações da GloboNews.
Zanin reclamou que ele e a advogada Valeska Teixeira, sua sócia e esposa, tiveram que “aturar o chamado ‘fogo amigo’. Offs e mais offs e sugestões de pautas marotas de pessoas que à luz do sol juram amor a Lula e à sua liberdade mas que nas sombras estão dispostas a qualquer coisa”.
A atitude de Zanin veio após o advogado Eduardo Pertence, filho do ex-ministro do STF Sepúlveda Pertence, comemorar a absolvição de Lula e do banqueiro André Esteves em um processo que apurava possível obstrução à Justiça.
“Tchau Valeska, tchau Zanin!!!! Não precisamos de vcs para ter qualquer tipo de protagonismo! Meu pai é e sempre será maior que vocês”, escreveu Eduardo e, em seguida, deixou o grupo.
A tensão entre os advogados do ex-presidente começou depois que Sepúlveda defendeu no Supremo uma prisão domiciliar para o petista. Ao discordar publicamente da estratégia, Zanin causou um mal-estar dentro da equipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here