Zé Ronaldo não confirma se vai dividir palanque com Bolsonaro

0
43

O pré-candidato a governador recebe bem o apoio do PSL da Bahia, mas no plano nacional defende aliança com Geraldo Alckmin (PSDB).

Foto: Juliana Almirante/bahia.ba

Foto: Juliana Almirante

Depois de receber apoio do PSL na Bahia, o pré-candidato ao Palácio do Planalto, Zé Ronaldo (DEM), esquivou sobre a possibilidade de dividir o palanque com o pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), e defendeu o apoio a Geraldo Alckmin (PSDB).

“Eu fui convidado para a convenção do PSL e esse partido aprovou o apoio ao meu nome. Então, eu recebi o apoio do partido. Você não vai achar nesse País, em nenhum estado da federação brasileira, uma coisa retilínea. Vou dar um exemplo prático. O PDT apoia nacionalmente Ciro Gomes, mas na Bahia está apoiando o governador. O PR apoia Alckmin nacionalmente e é da base do governador. Em cada estado os partidos deixaram livre para coligar. Meu partido tem um candidato. Eu vou subir no palanque do meu partido”, justificou

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here