Perto de internação, Léo Dias fala sobre ajuda de Sílvio Santos e Anitta

Patrão do SBT o proibiu de fazer matérias externas; cantora ligou para pedir à editora que parasse de pressionar o colunista, que escreve a sua biografia não autorizada.

0
63

Preste a ser internado para tratar a dependência em cocaína, o colunista Léo Dias publicou uma série de vídeos nas stories do Instagram, no seu último contato com o público antes de ir para a clínica. Ele, que já havia contado como Sílvio Santos impediu que fosse demitido, revelou que o patrão o proibiu de “fazer matérias externas”, para diminuir o seu volume de trabalho.

“Na volta eu vou repensar isso [trabalho]. Acho que só eu não me tocava que eu trabalho muito, muito. É desnecessário”, avaliou.

O apresentador do “Fofocalizando”, do SBT, também relatou sobre a preocupação de uma pessoa inesperada. Segundo Léo Dias, Anitta, que tem a biografia não autorizada escrita por ele, teria ligado para a sua “editora” e pediu que parassem de pressioná-lo:

“Ela nao passa informação, ela não lê os capítulos. Mas sabe o que ela fez? Ela pegou o telefone ligou pra Ediouro, minha chefe, pra eles pararem de me pressionar q eu estava me afundando”, explicou o jornalista emocionado. “Ela se preocupou comigo, com a minha saúde”.

Por fim, Léo se despediu e lembrou que os fãs vão ficar sem notícias sua “por um tempinho”. “Daqui a pouco eu embarco”, se despediu. O jornalista vai passar por um tratamento com a substância ibogaína, psicodélico que causa fortes alucinações e tem alta taxa de êxito no combate à dependência química. A ibogaína se distingue de outros tratamentos por não ter necessidade de longos períodos de internamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui