América Mineiro é campeão da Série B

0
153

Último jogo em casa, estádio cheio e simples vitória para ser campeão. Seria moleza levar esses três aspectos em consideração para esperar uma vitória fácil do América sobre o CRB.

Não foi! O Coelho sofreu muito diante de um adversário disposto a segurar o empate a qualquer custo. Mas o nervosismo em grande parte do primeiro tempo deu lugar a um bombardeio na etapa complementar. Eis que aos 20min, o zagueiro Rafael Lima (que deixou a Chapecoense antes do acidente) completou cruzamento de Ruy e marcou o gol do título americano na Série B de 2017! Na noite deste sábado, 22.481 torcedores pagaram ingressos e assistiram, no Independência, à segunda conquista do time alviverde, campeão também em 1997.

O detalhe importante é que Rafael Lima integrava o elenco da Chapecoense vitimado pelo desastre aéreo na Colômbia, em novembro de 2016. Ele se salvou do acidente porque não havia sido convocado pelo técnico Caio Júnior, um dos 71 mortos na tragédia. Ainda abalado pela dor da perda de amigos, o experiente defensor de 31 anos trilha uma trajetória de sucesso em Belo Horizonte e levanta a taça na condição de capitão. Ele marcou o quarto gol da Série B e o sexto na temporada.

A vitória por 1 a 0 mostrou as características do time armado por Enderson Moreira. Dos 20 triunfos, 11 foram por esse placar. De todos os campeões da Série B por pontos corridos, o América de 2017 foi o que menos marcou gols (46), mas também o que menos sofreu (25).

O Coelho chega ao bicampeonato com uma campanha de respeito: 73 pontos, 20 vitórias, 12 empates e apenas cinco derrotas. Bill, com nove gols, foi o artilheiro do elenco no campeonato. Favorito à taça, o Internacional terminou em segundo lugar, com 71. Ceará, com 67, e Paraná, com 64, também subiram para o Brasileiro 2018.

Caíram para a Série C: Náutico, ABC, Santa Cruz e Luverdense.

América Mineiro

Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Juninho, Ernandes, Ruy (Zé Ricardo, aos 28min do 2ºT) e Felipe Amorim (Renan Oliveira, no intervalo); Luan e Bill

Técnico: Enderson Moreira

CRB

Edson Kölln; Marcos Martins (Marion, aos 23min do 2ºT), Adalberto, Flávio Boaventura e Diego; Olívio, Yuri, Rodrigo Souza (Tony, aos 24min do 2ºT) e Edson Ratinho; Chico e Zé Carlos (Neto Baiano, aos 42min do 1ºT)

Técnico: Mazola Júnior

- ANUNCIE AQUI 75 98174-4132-

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here