Sérgio Cabral é condenado pela quarta vez na Lava Jato

0
115

A ex-primeira dama do Rio Adriana Ancelmo saiu nesta terça-feira de presídio, mas também foi condenada pelo juiz Marcelo Bretas, por se beneficiar de esquema.

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foi condenado pela quarta vez em desdobramentos da Lava Jato, desta vez na Operação Eficiência.

Cabral é acusado de esconder um total de R$ 317,1 milhões, que seriam “apenas uma parte” do montante total proveniente da “organização criminosa” liderada por ele, segundo o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio.

Na sentença, liberada nesta terça-feira (19), o magistrado determina mais 15 anos de prisão a Cabral, que agora soma 87 anos de reclusão a serem cumpridos.

Adriana Ancelmo, ex-primeira dama do Rio de Janeiro, também foi condenada a oito anos de prisão por se beneficiar do esquema. Ela foi solta nesta terça e deixou o presídio de Benfica, por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

Operadores de Cabral e Adriana também foram condenados, de acordo com o jornalista Lauro Jardim. São eles: Carlos Miranda (doze anos), Luiz Carlos Bezerra (quatro anos) e Thiago Aragão (sete anos).

- ANUNCIE AQUI 75 98174-4132-

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here